A Padaria Pão do Parque foi fundada pelo empresário Rubens Casselhas, que, como tantos da categoria, cresceu em meio ao aroma sagrado da fornada de pão. Acabou seguindo a carreira de seu pai, dando continuidade a respeitável missão: a de suprir as necessidades do mercado local. Sempre procurando encantar e fidelizar o cliente, de forma ética e moral.

Com este compromisso em mente foi que Rubens Casselhas começou a moldar, na época, a pequena boutique de pães com o nome Pão do Parque, usando como alusão a localização da panificadora no bairro Parque Continental.

Com muito empenho e empreendedorismo, o empresário aliou técnicas de produção, qualidade dos produtos, atendimento diferenciado e tecnologia ao estilo de padaria européia e tradicional.

Em suas as lojas a Pão do Parque utiliza, além dos produtos de fabricação própria, somente marcas consagradas entre o público consumidor. Aliando produtos, atendimento e serviços de conveniência, com excelente qualidade e variedade.

A Pão do Parque passou a ser referência na região. Associando qualidade e avanço tecnológico, oferece às pessoas espaços agradáveis e familiares em qualquer hora do dia. E isso também ocorre nos eventos que são realizados como o “Café com Música”; aliando o prazer de ouvir música ao vivo da melhor qualidade, com o café matinal.
Assim, a Pão do Parque, que antes se fixava somente no bairro Parque Continental, estendeu sua qualidade e comprometimento com os clientes abrindo mais duas filiais e uma central de produção. A primeira no bairro da Vila São Francisco, e a segunda, e mais recente, inaugurada no bairro Cidade São Francisco. Esta, chamada de “Politécnica”, devido à sua proximidade com a Escola Politécnica. E a Sweet-House, fábrica exclusiva de pães e doces, para atender a demanda e padronizar os produtos oferecidos nas três lojas.

Pelos seus produtos, qualidade e serviços prestados, a panificadora ganhou destaque em mídias especializadas do setor e outros meios de comunicação, de jornais à televisão. No ano de 2007, graças as suas inovações, foi mais uma vez reconhecida em Gestão do Meio Ambiente no Prêmio Bunge de Empreendedorismo de Panificação, como prêmio foi conferir neste mesmo ano as novidades da feira Europain 2008, em Paris, que reuniu grandes empresas do mundo inteiro. Já em 2008 foi premiada na categoria Desempenho Master no evento organizado pelo PROPAN (Programa de Apoio ao Panificador). Em 2009, a Pão do Parque foi homenageada na FISPAL 2009 sendo eleita uma das 25 padarias paulistanas mais tradicionais.